sexta-feira, 9 de setembro de 2011

E COM ESTE DESPESISMO, NINGUÉM SE PREOCUPA?

45 mil euros por dia para a Presidência da República

“Os sacrifícios são para ser ‘distribuídos’ por todos os portugueses”…
Aníbal Cavaco Silva, Presidente da República

A Presidência da República custa 16 milhões de euros por ano (163 vezes mais do que custava Ramalho Eanes), ou seja, 1,5 euros a cada português. Este dinheiro, para além de pagar o salário de Cavaco, serve para remunerar ainda os seus 12 assessores e 24 consultores,bem como o restante pessoal que garante o funcionamento da Presidência da República.

A juntar a estas despesas, há ainda cerca de um milhão de euros de dinheiro dos contribuintes que todos os anos serve para pagar pensões e benefícios aos antigos presidentes.

Os 16 milhões de euros que são gastos anualmente pela Presidência da República colocam Cavaco Silva entre os chefes de Estado que mais gastam em toda a Europa, sendo apenas ultrapassado, no que às Repúblicas diz respeito, pelo presidente francês, Nicolas Sarkozy (112 milhões de euros) e gastando o dobro do Rei Juan Carlos de Espanha (oito milhões de euros), sendo que cada espanhol paga apenas 19 cêntimos com o seu Chefe de Estado...

O que não vemos é a Presidência a reduzir despesas de forma substancial, bem ao contrário do que tem acontecido com as Casas Reais europeias. Afinal os sacrifícios dizem apenas respeito a alguns.

Pedro Quartin Graça

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial